domingo, 23 de julho de 2017

Emissão de passaportes ainda não foi regularizada

A Casa da Moeda do Brasil (CMB), que produz os passaportes, informou nesta sexta-feira (21) que a normalização da emissão dos documentos, suspensa pela Polícia Federal (PF) desde o fim de junho, deve demorar até cinco semanas e ainda pode ser impactado pelo volume de novas solicitações.
Durante o período de suspensão, 175 mil pedidos de passaportes ficaram represados, segundo a PF, e agora serão processados por ordem cronológica.
Em nota, a Casa da Moeda informou que recebeu na tarde desta sexta os arquivos com dados de pessoas solicitantes dos passaportes e que a fabricação será retomada imediatamente, com turnos extras a partir do começo da próxima semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário