segunda-feira, 31 de julho de 2017

Janot pede prisão de Aécio pela segunda vez


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta segunda-feira (31), a reconsideração da decisão sobre a prisão preventiva do senador Aécio Neves ou, em caráter subsidiário, medidas cautelares como o afastamento do senador do exercício do mandato parlamentar e o uso de dispositivo pessoal de monitoramento eletrônico (tornozeleira). 
O pedido foi feito ao relator da Ação Cautelar 4327, ministro Marco Aurélio. 

Caso a decisão não seja reconsiderada, ele pede o processamento do agravo regimental, com urgência, para julgamento pela Primeira Turma do STF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário