domingo, 9 de julho de 2017

Temer prevê derrota na CCJ e trabalha para derrubar relator

O relatório do deputado Sergio Zveiter (PMDB-RJ) que deve ser apresentado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, nesta segunda-feira, 10, pode conter a admissibilidade da denúncia de corrupção passiva e indicar a continuação do processo de impeachment do presidente Michel Temer.
A denúncia da Procuradoria Geral de Justiça considera que Temer é o real destinatário da mala com 500 mil reais recebida pelo ex-assessor, Rodrigo Rocha Loures.

Manobra governista
O presidente Temer voltou ontem da Alemanha onde participou da reunião do G20 e logo partiu para as conversas políticas com aliados.
O grupo havia pedido que Sergio Zveiter produzisse um relatório neutro, para tentar reverter a tendência durante votação no plenário.
Caso isso não se concretize, de olho num eventual parecer negativo na CCJ, o Planalto ainda trabalha para rejeitar o relatório e tentar emplacar outro relator.
Trocas de parlamentares pró-Temer seguem a todo vapor na comissão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário