terça-feira, 22 de agosto de 2017

Governo anuncia privatização da Eletrobras e funcionários protestam

Foto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco
O Ministério de Minas e Energia comunicou na segunda-feira, 21, que vai propor ao Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do Governo Federal a redução da participação da União no capital da Eletrobras, e consequente democratização na Bolsa de Valores, a exemplo do que já foi feito com Embraer e Vale.

Ficarão de fora da lista das privatizadas a hidrelétrica de Itaipu, administrada pelo Brasil junto com o Paraguai, e a Eletronuclear.

Hoje, pela manhã, funcionários da Companhia Hidrelétrica do São Francisco - Chesf, fizeram manifestação na sede da empresa no bairro do Bongi, em Recife, criticando a proposta. "A Chesf é do Nordeste!" entoavam palavras de ordem.

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, voltou a defender que a privatização da Eletrobras pode reduzir a tarifa de energia. Segundo ele, a ideia é que 14 usinas sejam entregues à iniciativa privada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário