quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Luisa Ortega, ex-procuradora-Geral da Venezuela, diz ter provas contra Maduro e Odebrecht

Foto: Reprodução/TV Globo
ex-procuradora-Geral da Venezuela, Luisa Ortega, disse hoje durante encontro com procuradores brasileiros em Brasília, que tem detalhes sórdidos da relação que há entre o governo de Caracas e a construtora Odebrecht.
Ortega classificou o governo Maduro como uma "ditadura" e disse que tem documentos que comprometem altos escalões do governo venezuelano. 
Ela já está entregando-os seus arquivos aos governos do Brasil e Estados Unidos. 
Segundo a ex-procuradora, em seu país há 11 obras paralisadas pela construtora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário