quinta-feira, 17 de agosto de 2017

MPRN pede bloqueio do repasse de royalties para pagamento de servidores de Macau

A 1ª Promotoria de Justiça de Macau quer que o Prefeito Túlio Lemos pague os salários de novembro e dezembro de 2016 que o município deve a seus servidores.
Na Ação Civil Pública, com pedido de liminar, a promotoria pede que o Judiciário determine o bloqueio do repasse dos royalties para pagamento dos servidores ativos e inativos. 
Macau é a terceira cidade do Rio Grande do Norte entre as que mais recebem royalties, tendo recebido até o mês de julho deste ano de 2017 o valor de R$ 6.951.683.57.

Nenhum comentário:

Postar um comentário