terça-feira, 22 de agosto de 2017

Sem acordo, votação da reforma política é adiada mais uma vez

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a última sessão da Casa desta terça- feira e marcou para amanhã a votação da reforma política. 
Maia e líderes aliados planejavam fatiar a votação que seria feita por temas. 
O primeiro bloco será sobre o sistema eleitoral, o chamado distritão para 2018. 
Em seguida, será a criação do fundo eleitoral. O último item seria o distrital misto para 2022.
O quorum começou a cair, e, na prática, não havia acordo sobre a proposta de fatiar a votação. 
O PT era contra.
— Não faço nada que desrespeite o regimento — reagiu Maia às cobranças da oposição.
fonte:O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário