Prefeitura do Natal

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

É mentira!!!


‘Agressão inédita’
O áudio mostra a intenção de Joesley de buscar criar situações a fim de expôr os ministros do Supremo e assim obter um acordo vantajoso de delação premiada junto a Janot. Presidente do Supremo, Cármen Lúcia classificou o episódio como uma “agressão inédita” ao tribunal. 
Estadão

‘É mentira’
À noite, Joesley, que conseguiu imunidade penal graças ao acordo, divulgou nota pedindo desculpas a Janot, ao Supremo e dizendo que o conteúdo da conversa não era verdadeiro. Se comprovada irregularidade, o empresário pode perder os benefícios e há dúvidas se as provas obtidas continuam valendo.
O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário