quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Geddel alega risco de 'estupro' e pede retorno para prisão domiciliar

Os advogados do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) alegaram risco de "estupro" na Penitenciária da Papuda, em Brasília, e solicitaram seu retorno à prisão domiciliar.
PF prende preventivamente ex-ministro Geddel em Salvador
A informação da Agência Estado diz que o requerimento foi negado pela juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, que ressaltou o fato de os advogados do peemedebista terem usado informações "inverídicas" e "especulativas" na petição.
Geddel Vieira Lima está preso desde o dia 08 de setembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário