quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Por unanimidade, STF nega pedido de suspeição feito por Temer contra o PGR Rodrigo Janot

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal acaba de negar o pedido de suspeição do procurador geral da República, Rodrigo Janot, feito pelo presidente Michel Temer. 

Os advogados de Temer alegaram que o PGR exercia "obstinada perseguição pela acusação" contra o presidente.

A presidente do STF, Cármen Lúcia, disse que o processo de apuração e o dever de apuração é da instituição do Ministério Público. "Os processos não param por causa de uma pessoa e, por isso, todos nós estamos sujeitos às leis da República", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário