sábado, 11 de novembro de 2017

Detentos da Penitenciária Federal de Mossoró fazem greve de fome, diz Veja

Presídio Central de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, é retrato de superlotação e sistema prisional falho. Facções criminosas dominam o local
Reportagem da Revista Veja diz que em pelo menos 34 presídios estaduais e federais, em sete Estados do país, detentos promovem rebeliões e protestos com greve de fome, e cita o RN como um deles. 

Segundo o Ministério da Justiça, há registro de protesto nos quatro presídios federais: Catanduvas (PR), Campo Grande (MS) e Mossoró (RN). Ao todo, 112 presos dessas unidades se recusam a receber alimentação. 

Em todos os Estados, os governos locais afirmam que a alimentação continua a ser fornecida à população carcerária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário