quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Justiça determina que grevistas da Saúde mantenham 70% dos servidores trabalhando

O desembargador Amaury Moura Sobrinho atendeu, em parte, ao pedido formulado pelo Estado do RN e determinou que o Sindicato dos Servidores em Saúde (Sindsaúde) garanta um contingente de pelo menos 70% dos servidores públicos estaduais da área da Saúde em todas as regionais, unidades de atendimento de saúde e para todas as especialidades, no caso da manutenção do movimento grevista. 

A decisão visa a garantia da continuidade da prestação do serviço público, definido como “essencial”, sob pena de multa diária de R$ 25 mil, em caso de descumprimento.

Veja também: Saúde vai comprar controle de ponto

Nenhum comentário:

Postar um comentário