Prefeitura do Natal

Prefeitura de Parnamirim

quinta-feira, 8 de março de 2018

Robinson Faria quer horário politico do PP


Reprodução/Internet
Revolta
O que deixou a turma do governador Robinson Faria mais revoltada com a decisão do vice Fábio Dantas de disputar o governo do estado, foi o fato dele ser um dos quatro que se reuniam regularmente para tomar decisões administrativas, junto com o próprio Robinson, Vagner Araújo e Gustavo Nogueira (Sempla).
Tanto que Robinson não quis nem conversar com o vice quando ele foi comunicar o rompimento. Mandou o filho Fábio Faria.

Isolamento
A decisão de Fábio deixou o governador isolado politicamente. Fábio está articulado com Ezequiel Ferreira e o PSDB e deve fechar o apoio de, ao menos, 10 deputados estaduais. Carlos Eduardo, se for mesmo candidato, fica com o MDB e o DEM, e o PT que em 2014 foi o grande respaldo de Robinson, este ano tem a candidatura da senadora Fátima Bezerra.

PP
Por isso, Robinson tenta junto com Fábio Faria assumir o PP. O tempo no horário eleitoral da legenda é bastante generoso e Fábio Faria é muito amigo do presidente nacional, Ciro Nogueira.

Exclusão
A entrada de Fábio Dantas no tabuleiro político mexeu com muitas peças. Ele junto com o PSDB quer fechar uma aliança com Garibaldi Filho para o Senado, mas não deseja José Agripino na chapa. A intenção é indicar o ex-deputado Ezequiel Ferreira, pai do atual presidente da Assembleia, para suplente de Garibaldi, e o empresário Luis Roberto Barcelos para a outra vaga de senador.

Tribuna do Norte, 08 de Março



Nenhum comentário:

Postar um comentário