Prefeitura do Natal

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Justiça divulga bens declarado dos candidatos na eleição de outubro

Quanto tenho??
A Justiça Eleitoral expôs a declaração de bens dos candidatos desta eleição, uma exigência da lei para quem quer disputar cargo público. As informações revelaram dois extremos de uma moeda. Candidatos ricos, e outros, nem bem assim.

Governo
Tentando a recondução, Robinson Faria é o que possui maior patrimônio entre os postulantes à cadeira de governador, declarando bens que atingem R$10,5 milhões. Seu vice, o mossoroense Tião Couto, também não tem do que reclamar e revelou possuir R$35,3 milhões em bens.

Os outros
O candidato do PSol, Prof Carlos Alberto, o segundo mais rico, disse ter R$4,9 milhões. Valores bem diferentes de sua vice, Cida Dantas, que não declarou bens. O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, o terceiro com maior patrimônio entre os postulantes ao governo, disse ter R$3,5 milhões.

Conta zerada
Mas, como nem tudo são regras, teve candidato a governador que disse não possuir patavinas. Herô Bezerra, PRTB, não teve bens a declarar à Justiça Eleitoral. O mesmo ocorreu com o seu vice Antônio Bento.

Senadores
Para o Senado, Geraldo Melo saiu com o maior patrimônio declarado, informando ter R$29 milhões em bens. Antônio Jácome (PODE) R$2,6 milhões; Alexandre Mota (PT) com R$2,3 milhões e Zenaide Maia (PHS) 2 milhões veem na sequência. O senador Garibaldi Filho disse ter R$1,1 milhão em bens.

Ana Célia (PSTU), Magnólia Figueiredo (Solidariedade) e Levi Costa (PRTB) informaram patrimônio e conta zerados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário