Prefeitura do Natal

sábado, 29 de setembro de 2018

Mineiro esclarece em nota presença do MPEleitoral em seu comitê


Funcionários e policiais a serviço do Ministério Público Eleitoral estiveram na tarde desta sexta-feira (28) no comitê da minha campanha a deputado federal, em Mirassol (Natal).

Estavam à procura de material de propaganda em que ainda constasse a candidatura de Lula. Constataram que a campanha só produziu peças com Lula presidente no período e na forma legal. Tão logo o registro da candidatura dele foi negado, acatei a decisão, mesmo discordando dela, e parei de fazer peças com Lula presidente.

Bem que eu e milhões de brasileiros gostaríamos que Lula fosse candidato, para fazer o Brasil feliz de novo. Mas, como o Ministério Público constatou na ida ao comitê, a candidatura mudou e o meu material de campanha destaca isso: agora Lula é Haddad e Haddad é Lula 13.

É digno de louvor o empenho do Ministério Público para assegurar o rigoroso cumprimento da lei no processo eleitoral. Desejamos que essa vigilância se estenda a todas as fases da eleição, a todos os candidatos e partidos, como manda o espírito republicano que deve guiar instituições como o MP.

Assim a campanha e o resultado da eleição não serão desvirtuados por ilegalidades — como a compra de votos, por exemplo — que ainda são praticadas por determinados políticos, nem sempre flagrados pelo Ministério Público.


Fernando Mineiro 1333
Candidato a deputado federal pelo PT-RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário