Prefeitura do Natal

sábado, 27 de outubro de 2018

Urnas eletrônicas são sorteadas no TRE-RN para auditoria no segundo turno

A comissão de Auditoria do Funcionamento das Urnas Eletrônicas do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN) promoveu neste sábado (27), véspera do segundo turno das Eleições 2018, o sorteio das seis seções eleitorais que terão suas urnas auditadas. As seções sorteadas pertencem aos municípios de Natal, Baraúna, São Tomé, Ceará-Mirim, São Fernando e Santo Antônio.
Estiveram presentes no sorteio o Presidente do TRE-RN, Desembargador Glauber Rêgo, o Vice-presidente e Corregedor Eleitoral, Desembargador Cornélio Alves, o Presidente da Comissão de Auditoria do Funcionamento das Urnas Eletrônicas do TRE-RN, juiz Ivanaldo Bezerra Ferreira dos Santos, a Diretora Geral, Simone Mello, o representante do Ministério Público, Procurador Victor Manuel, o Secretário de Tecnologia da Informação, Marcos Maia, e membros da comissão. Além disso, servidores deste Regional Eleitoral, representantes de partidos e coligações e imprensa assistiram ao sorteio.
Confira a lista das seções sorteadas e seus respectivos endereços:
  • Natal - Seção 370 da 69ª ZEEscola Estadual Prof. Paulo Pinheiro de Viveiros, Rua do Pastoril, S/N – Nova Natal, Lagoa Azul
  • Baraúna - Seção 095 da 58ª ZE: Grupo Escolar Manoel Barros Rua do Horto Florestal, S/N, Centro
  • São Tomé - Seção 029 da 19ª ZE: Jardim Escola Brincando e Aprendendo, Rua Padre Ramiro Varela S/N, Centro
  • Ceará-Mirim – Seção 079 da 06ª ZE: Escola Municipal José Venâncio, Distrito de Várzea de Dentro, S/N, Zona Rural
  • São Fernando – Seção 052 da 23ª ZE: Escola Estadual Monsenhor Walfredo Gurgel, Av. Major Jose Antao, 78, Centro
  • Santo Antônio - Seção 040 da 13ª ZE: Creche Professora Ana Rosa de Araújo, Rua Central, S/N
As três primeiras urnas eletrônicas sorteadas serão submetidas à votação paralela, que é idêntica à oficial. O procedimento acontece simultaneamente à votação convencional, das 08h00 às 17h00, no Fórum Eleitoral de Natal, e é aberto ao público externo. Todos os trabalhos serão filmados e acompanhados por auditores, que fiscalizam as atividades desenvolvidas, e um representante do Ministério Público.
Nas outras três urnas, a auditoria será realizada na própria Seção Eleitoral (local de votação), com o propósito de verificar a autenticidade e integridade dos sistemas utilizados na votação. O propósito final da auditoria é verificar a correspondência entre os votos constantes nos boletins de urnas e no relatório do Sistema, a fim de comprovar que os votos foram contabilizados corretamente pela urna eletrônica. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário