segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Governo quer que formados em federais passem um ano no Mais Médicos

Médicos cubanos devem deixar o país até o final do ano Foto: Jorge William/Agência O Globo/26-08-2013
O governo federal estuda criar mecanismos para que estudantes de Medicina das universidades federais prestem um ano de serviços no programa Mais Médicos após formados. 

A proposta foi debatida em reunião nesta segunda-feira entre os ministros da Saúde, Gilberto Occhi, e da Educação, Rossieli Soares. 

Os detalhes da medida ainda serão estudados por um grupo conjunto das duas pastas, que vai elaborar mudanças no programa Mais Médicos após a saída dos profissionais cubanos, que deixarão o país em 20 dias.
Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário