sábado, 15 de dezembro de 2018

MPE analisa crime eleitoral em ambulâncias doadas pela Assembleia

Resultado de imagem para ambulancias doadas pela alrn
Só autoridades! 
O Ministério Público Eleitoral começou a punir políticos que fizeram uso de propriedades do estado com fins eleitoreiros. Na agulha, o presidente da Assembleia Potiguar Ezequiel Ferreira e o deputado Rogério Marinho. Além deles, o Prefeito de Angicos Deusdete Gomes de Barros e a secretária de Saúde do município, Nataly da Cunha Felipe de Souza. 

Ambulanciazinha 
Embora a ação do MPE seja criticada por muitos que acredita haver exagero na punição por distribuição de 85 ambulâncias, compradas com sobras de recursos do poder legislativo de 2016, doadas ao Estado, e depois distribuídas por parlamentares em redutos eleitorais. 
Belo Presente! 
O deslize do prefeito Deusdete Gomes, que na inauguração de UPA no município vinculou diretamente a doação daquela ambulância à pessoa de Ezequiel, chegando a mencionar que este “deu um belo presente ao povo” de Angicos, pode custar hoje aborrecimento e dinheiro para o presidente Ezequiel. 

Gasolina 
O MPE ainda apresenta depoimentos e documentos fornecidos pela Secretaria de Tributação do Estado, onde comprovam que houve a utilização de recursos da Saúde para pagar o combustível que abasteceu veículos que participaram da carreata, também ocorrida em 20/09/2018. “Uma série de abastecimentos fora do horário de expediente dos órgãos públicos”.

Tribuna do Norte, 15 de dezembro 

Nenhum comentário:

Postar um comentário