terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Filha mata próprio pai dentro de hospital injetando veneno na veia

Uma mulher matou seu próprio pai na tarde desta terça-feira, 15, no Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, injetando na veia do doente veneno de carrapato, disse a polícia.

Segundo o G1RN apurou, ela alegou que o pai estava muito doente e tomou a decisão de matá-lo para “evitar mais sofrimento”. 

Quando entrou na UTI, a mulher aproveitou que estava a sós com o pai, com a cortina que separa os leitos fechada, para aplicar o veneno de carrapato no soro. "Os médicos notaram um cheiro da substância, que não era comum ao ambiente. Depois viram a coloração do recipiente do soro mudar e encontraram a seringa no lixo. Logo depois acionaram a polícia", afirma o delegado Roberto Andrade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário