quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

TRE se justifica diante do caso Sandro Pimentel

O processo envolvendo o deputado estadual eleito Sandro Pimentel teve como relator, inicialmente, a Juíza Adriana Magalhães e, posteriormente, o Juiz Federal Francisco Glauber Pessoa Alves e seguiu , fielmente, os prazos definidos na Legislação Eleitoral.

A Corte se pautou pelo perfeito cumprimento das normas eleitorais e processuais cabíveis.
As causas são julgadas no tempo certo, observados os prazos processuais adequados.

A divulgação de informações equivocadas ou indutoras de dúvida sobre a postura dos membros do Colegiado refogem ao padrão jornalístico ético mínimo e prestam um desserviço à população, além de ensejar as responsabilidades normativas a quem assim agir.

Ascom/TRE-RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário