sábado, 9 de fevereiro de 2019

Justiça bloqueira R$7,7 milhões da prefeitura de João Câmara

Resultado de imagem para João Câmara rn
Um problema que cresce... 
Não adianta fazer vista grossa. A justiça manda bloquear a conta de seu município, caro prefeito. 
Precatório é uma decisão sem contestação. Que o diga o prefeito de João Câmara que teve R$ 7,7 milhões da conta do FPM confiscados. 
A decisão do juiz Bruno Fernandes é claríssima. Ele reconhece o problema de caixa, mas, também entende que o autor deve ter seu direito assegurado. “A crise financeira por que passa o Município são precedentes ao débito”, esclarece. 

... e enriquece 
Nesse contexto, há quem diga que tem escritório de advocacia no estado lucrando com essas querelas judiciais. “Tem deles que “compram” precatórios de outros colegas para aumentar seu caixa”, disse um potiguar ciente dos “causos”. 
Será, hein???
Coluna Rosalie Arruda
Tribuna do Norte, 09 de fevereiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário