quinta-feira, 21 de março de 2019

ALE desativa escritório em Natal e demite mais de 100 funcionários

Resultado de imagem para alesat natal
Resultado da venda...
O Rio Grande do Norte sofre mais um “revestrés” em sua economia. A ALE Combustíveis está desativando seu escritório em Natal, o que acarretou a demissão de 100 funcionários. 
O número é bastante representativo para o índice de desempregados no estado. Levando em consideração que a maioria ganhava acima de R$ 3 mil, a situação dessas famílias deve ser desesperadora. 

... da ALE no RN
No inicio do mês, o novo presidente da Ale, Fulvius Tomelin, em declaração ao Jornal Valor Econômico, disse que a expansão da rede será concentrada nas regiões onde a Ale tem infraestrutura montada e com ociosidade, como São Paulo, Minas, Rio, Goiás, Maranhão, Rio Grande do Norte e Santa Catarina. Diego Pires, diretor de varejo, disse que não há restrição aos outros estados, mas a busca por maximização dos ativos. “Adensar a operação traz muito benefício à marca.” 
A Ale tem presença em 21 estados. 
Mas, pela quantidade de demissões no Rio Grande do Norte, certamente a empresa tomou outro rumo.
Tribuna do Norte, 21 de março

3 comentários:

  1. Boa noite Rosalie! Gostaria de saber qual foi a fonte da notícia. Trabalho na empresa e ninguém está sabendo dessa notícia. Na entrevista do Presidente Fulvius, não fica clara essa decisão. Pergunto, porque uma notícia como essa causa um certo temor nos funcionários e principalmente nos familiares.
    De todo modo, vamos esperar.
    Mas é sempre interessante confirmar as informações repassadas.
    Caso precise, meu e-mail é andersonper@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Que coisa feia inventar mentiras!!!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia! Ontem comentei sobre a matéria notícia falsa), porém não foi publicado, visto que passa por uma avaliação interna. De todo modo, mesmo que nao queiram publicar o comentário, sugiro se atentar para não replicarem "Fake News". Foi assim que se referiu nosso presidente, ao mencionar a "notícia".
    Numa época como a nossa, em que tudo toma proporções inimagináveis, é de extrema importância todos os cidadãos prezarem pelo verdade. Em se tratando de uma "repórter", essa responsabilidade deve ser maior ainda. Enfim, fica a lição para se aprofundar nas "informações" publicadas.
    Caso precise, meu e-mail é andersonper@hotmail.com.
    Esse que fica registrado, não é o meu mesmo. Anderson Oliveira

    ResponderExcluir