quarta-feira, 20 de março de 2019

Controladoria pede ajuda federal para concluir relatório financeiro de 2018

Resultado de imagem para Controladoria Geral do RN
Nó de marinheiro
A Controladoria Geral do RN tem um abacaxi no birô, fruto da gestão do ex-governador Robinson Faria. 
O órgão vai precisar explicar ao Tribunal de Contas as inconsistências identificadas pelo corpo técnico no Relatório da Execução Orçamentária e Relatório de Gestão Fiscal - 3º quadrimestre de 2018.
O relator, conselheiro Paulo Roberto Alves, deu prazo até 27 de março. 
A Secretaria do Tesouro Nacional chegou a visitar o estado, a pedido do Executivo, para auxiliar a CGE no processo de encerramento do exercício contábil de 2018.
Parece que as orientações ainda suscitaram dúvidas.
Tribuna do Norte, 19 de março

Nenhum comentário:

Postar um comentário