segunda-feira, 15 de abril de 2019

Caldo de Cana de Ceará-Mirim pode ser considerado Patrimônio Cultural do RN


Patrimônio cultural?
Chegou a vez do Caldo de Cana de Ceará-Mirim ganhar destaque como iguaria do RN. A deputada Eudiane Macedo (PTC) entende que a bebida deve ser considerada Patrimônio Cultural Imaterial do Estado e apresentou projeto de lei. Para justificar a ideia, disse que o produto é secular na região, sendo “uma famosa bebida típica do município de Ceará-Mirim comercializada no mercado central até os dias atuais”.
Não será surpresa se brevemente chegar a vez do “Pastel de Tangará e do “Grude de Extremoz”.


Rosalie Arruda
Tribuna do Norte, 13 de Março 

Nenhum comentário:

Postar um comentário