quinta-feira, 16 de maio de 2019

Prisão de envolvido na Operação Canastra Real será decidida na terça-feira, 21

Operação Canastra Real investiga desvio de R$ 2,4 milhões na Assembleia Legislativa do RN 
Segredo de justiça 
O Tribunal de Justiça deverá julgar na próxima terça-feira (21) o pedido de prisão de um dos citados na Operação Canastra Real. O processo corre em segredo de justiça. 
O desembargador Saraiva Sobrinho, da Câmara Criminal, está com a decisão. 
A interrogação está no fato de saber por que o TJ decidiu pelo segredo de justiça nesse caso.

Entenda o caso
A Operação deflagrada pelo MP em setembro de 2018 investiga desvios de R$ 2,4 milhões na Assembleia Legislativa do RN, por meio de servidores fantasmas.
Coluna Rosalie Arruda
Tribuna do Norte, 16 de maio

Nenhum comentário:

Postar um comentário