domingo, 30 de junho de 2019

Empréstimo consignados para servidores estaduais terá seis meses de carência


Munição
O deputado Nélter Queiroz (MDB) repassou para os diretores do Sindicato dos Servidores Públicos cópia de uma emenda aditiva de sua autoria, encartada ao projeto de aumento salarial dos procuradores, que estende o percentual de reajuste de 16,38% a todos os servidores públicos do RN.
Deu munição à categoria.

Funcionalismo
O governo anunciou um novo decreto que vai regulamentar a volta do empréstimo consignado para os servidores estaduais, a partir da segunda quinzena de julho. O empréstimo terá seis meses de carência para o pagamento da primeira parcela, com juros de 1,79% ao mês.

Folha em atraso ...
Quanto ao pagamento de atrasados, as notícias não são promissoras para o funcionalismo. A venda da folha ao Banco do Brasil só deverá ser concretizada no mês de dezembro, portanto, os recursos só deverão ser liberados em 2020.

...em fila de espera
O governo Fátima joga seus cartuchos no empréstimo junto ao governo federal, através do chamado Plano Mansueto, o que possibilitará ao Estado contrair R$ 1,3 bilhão em até quatro parcelas. Parte desse recurso deverá ser utilizado na liquidação do passivo salarial relativo aos meses de novembro, dezembro e 13° de 2018.


Tribuna do Norte, 29 de junho

Nenhum comentário:

Postar um comentário