quinta-feira, 20 de junho de 2019

Ex-gestores são condenados por irregularidades em contrato da Copa de 2014

Resultado de imagem para arena das dunas construção
Auditoria em Contratos da Copa do Mundo 
O Estádio Arenas das Dunas ainda vai dar dor de cabeça a muita gente. Nessa quarta-feira (19), o Tribunal de Contas do RN publicou o acórdão nº095/2019 desaprovando contas referentes a dois contratos de consultoria oriundos da Secretaria Estadual de Turismo, impondo multas e ressarcimentos a ex-gestores, empresa contratada e demais servidores responsáveis pela prática de irregularidades formais e materiais. O dano ao erário foi estimado em quase R$ 3,5 milhões. 

Os penalizados 
Entre os citados estão o ex-titular da Setur Múcio Gurgel de Sá, os ex-secretários extraordinários para Assuntos Relativos à Copa do Mundo (Secopa) Fernando Fernandes de Oliveira e Demétrio Paulo Torres, mais oito servidores à época, além da empresa Valora Participações S.A. 

A decisão 
O voto aprovado na sessão dessa terça-feira (18) teve a relatoria do conselheiro Paulo Roberto Alves. O conselheiro Renato Dias alegou suspeição e não votou. 
Os autos foram encaminhados ao Ministério Público Estadual para apuração de crime de responsabilidade.
Tribuna do Norte, 19 de junho

Nenhum comentário:

Postar um comentário