terça-feira, 25 de junho de 2019

Gilmar Mendes vota pela liberdade provisória de Lula enquanto julgamento é concluído

Analisando o segundo habeas corpus apresentado pela defesa do ex-presidente Lula, o ministro Gilmar Mendes votou por para que o mérito do HC que contesta isenção de Moro seja julgado só em agosto, depois do recesso do judiciário
Enquanto isso, Lula aguardaria o julgamento em liberdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário