terça-feira, 28 de abril de 2020

Justiça quer unir forças contra violência doméstica na pandemia


A criação de uma campanha nacional vai unir instituições públicas e privadas em ações que garantam atendimento célere e humanizado além de proteção efetiva às vítimas de violência doméstica e familiar. 

O anúncio do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), de criar um movimento que envolva toda a sociedade durante o período da pandemia da Covid-19, foi feito após a primeira reunião do grupo de trabalho que elabora estudos de ações emergenciais para ajudar as vítimas de violência doméstica durante a fase do isolamento social. 

A reunião ocorreu na segunda-feira (27/4), por videoconferência.

fonte:CNJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário