sexta-feira, 1 de maio de 2020

MP pede relatório ao Hospital Rio Grande sobre atendimento ao Coronavírus

Hospital Rio Grande
MP pede relatório ao Hospital Rio Grande 
O promotor de Justiça Alexandre Matos Pessoa da Cunha Lima, do Ministério Público Estadual, abriu inquérito civil para fiscalizar o Hospital Rio Grande com relação a procedimentos adotados no atendimento ao Coronavírus. 
O promotor deu 15 dias para que o Conselho Regional de Medicina realize inspeção para avaliar os protocolos médicos e fluxos de atendimento, inclusive sobre a prescrição da hidroxicloroquina e azitromicina. 

Sobre procedimento com Coronavírus 
A lista de inspeção é vasta. Vai desde o número de estoques de EPI’S até a cobrança de relatório atualizado das testagens - resultados positivos e resultados negativos – e, informação sobre o quantitativo de pacientes internados, além dos óbitos registrados em decorrência da COVID 19. 
O MPE também quer saber se há contrato com laboratórios privados para a coleta e exame do COVID 19 e se há disponibilidade de testes rápidos para constatação de anticorpos para a Covid-19.

Coluna Rosalie Arruda
Tribuna do Norte, 30 de abril 

Nenhum comentário:

Postar um comentário