quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Ministro do STJ determina que Queiroz retorne à prisão

Fabrício Queiroz na varanda de seu apartamento no Rio, onde cumpre prisão domiciliar - Evandro Cardoso Reprodução/GloboNews
O ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Felix Fischer, revogou na noite de hoje a prisão domiciliar de Fabrício Queiroz, ex-assessor parlamentar do atual senador Flávio Bolsonaro (Republicanos), e da mulher dele, Márcia Aguiar. 
Na segunda-feira, a defesa de Queiroz entrou com um pedido de habeas corpus no STF (Supremo Tribunal Federal) para evitar que ele retornasse à prisão. 
Ontem, o ministro da corte Gilmar Mendes determinou que o STJ, o Tribunal de Justiça do Rio e a 27ª Vara Criminal da capital fluminense se manifestassem sobre o pedido.
Por Felipe Amorim
Do UOL, em Brasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário