terça-feira, 8 de setembro de 2020

Trabalhadores russos assinam manifesto contra imposição, pelo governo, de vacinação contra Covid-19

Na Rússia, mais de 1.450 pessoas assinaram uma petição online criada pelo sindicato de professores Uchitel contra qualquer vacinação obrigatória de professores. 
O governo afirma que quer que professores e profissionais de saúde recebam primeiro a nova vacina russa contra o coronavírus. 
A vacinação será voluntária, insiste, de acordo com a lei russa. 
A petição da Uchitel ao governo, no site da campanha Change.org, alerta que os professores podem ser pressionados a receber a vacina - seja ameaçada de demissão ou corte de pagamento. Por isso, os incentiva a dizer não. 
Fonte: Themoscowtimes

Nenhum comentário:

Postar um comentário