quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Amigos da família Bolsonaro ganham cargos da PF no exterior


Dois amigos da família Bolsonaro foram nomeados para cargos da Polícia Federal em embaixadas do Brasil no exterior, revela o blog da colunista Malu Gaspar. Os postos preenchidos, tradicionalmente, são oferecidos a funcionários experientes ou que deixam cargos de destaque após um longo período de trabalho na corporação.

O escrivão Fabrício Scarpelli, amigo pessoal do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), foi nomeado em março oficial de ligação em Miami, nos Estados Unidos, até 2023. E o papiloscopista João Paulo Dondelli, que foi segurança de Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral de 2018, será adido-adjunto em Portugal.

Quando foram nomeados, os dois policiais nem sequer davam expediente na PF — eles ocupavam cargos no governo Bolsonaro. Scarpelli trabalhava como assessor especial da Casa Civil, que fica no Palácio do Planalto, enquanto Dondelli passou pela Secretaria de Governo e, depois, migrou para a Secretaria de Comunicação.

Além do prestígio, os cargos incluem benefícios, salário pago em dólar e ajuda de custo para a mudança superior a R$ 90 mil. A Polícia Federal afirma que a indicação atendeu aos critérios previstos em Instrução Normativa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário