terça-feira, 17 de agosto de 2021

Micarla é condenada por improbidade administrativa e perde direitos políticos

A Justiça Estadual do RN condenou a ex-prefeita de Natal Micarla de Sousa por ato de improbidade administrativa por ter deixado de recolher as contribuições patronais ao NatalPrev, entre dezembro de 2010 e abril de 2012, o que gerou uma dívida de R$ 32.790.575,61.

A sentença foi do juiz Airton Pinheiro, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Natal.

A defesa de Micarla vê "grande equívoco na conclusão da sentença, até porque a ex-prefeita Micarla de Sousa não tinha qualquer gerência nos pagamentos de competência da Sempla [Secretaria Municipal de Planejamento]".

Micarla de Sousa também perdeu os direitos políticos por três anos e ainda terá que pagar multa no valor de 10 vezes a remuneração que recebia à época.

Nenhum comentário:

Postar um comentário