quarta-feira, 29 de setembro de 2021

CBTU consegue reverter processo no TCU que poderia paralisar obra do trem urbano

Trens urbanos…
A Companhia Brasileira de Trens Urbanos conseguiu reverter parcialmente classificação negativa feita em quatro pontos analisados por auditores do Tribunal de Contas da União, no projeto de implantação de trens urbanos na Região Metropolitana de Natal - RMN, antes classificados como “Irregularidade Grave com Recomendação de Paralisação”.

… na RMN...
Os achados dizem respeito a estudos de viabilidade técnica, econômico-financeira desfavoráveis e com parâmetros econômicos inadequados; obra licitada sem Licença Ambiental prévia; julgamento irregular de recursos interpostos durante a licitação; e dotação orçamentária insuficiente para a contratação dos empreendimentos.

… tem reversão
Ao analisar os esclarecimentos e a documentação trazidos ao processo pela CBTU, o ministro Aroldo Cedraz determinou a mudança na classificação. “acolhi as medidas alvitradas nos presentes autos pela SeinfraUrbana e determinei, nos exatos termos sugeridos pela unidade técnica, a reclassificação dos quatro achados de auditoria acima listados, reclassificando o primeiro deles para Irregularidade Grave com recomendação de Continuidade (IGC) e os demais para Falhas e Impropriedades”, pontuou.
Coluna Rosalie Arruda
Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário