Home

Pelo menos Cinquenta e dois pesquisadores (seis corrdenadores e 46 consultores) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (Capes) renunciaram coletivamente aos cargos, se posicionando contra as políticas adotadas pela agência.
A informação é de O Globo.

Em duas cartas, uma da semana passada e outra desta segunda-feira (29), os cientistas acusam a Capes de não respaldar o trabalho de avaliação desempenhado por eles e criticam a presidência da instituição por não defender a Avaliação Quadrienal da pós-graduação, suspensa por decisão judicial em setembro. Com a saída, os novos chefes das áreas terão de montar suas equipes.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner

Anúncio Publicitário

header ads