Home

Ontem, a Câmara dos Deputados mandou um recado subliminar ao Supremo Tribunal Federal, com a eleição do deputado Daniel Silveira (PTB) como membro titular da Comissão de Constituição e Justiça, principal colegiado da Casa.

O parlamentar, que também foi eleito vice-presidente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, foi o centro das atenções nas últimas semanas depois que o presidente Bolsonaro concedeu-lhe indulto após sua condenação a 8 anos e 9 meses pela Suprema Corte.

Caso a inelegibilidade de Silveira, determinada pelo ministro Alexandre de Morais, precise passar pelo aval do parlamento, a sentença pode ser anulada. 

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner

Anúncio Publicitário

header ads