Home

O coelho de uma advogada, conhecido como Blu, poderá viajar na cabine de aeronaves. A companhia aérea azul foi condenada a transportar o animal, mediante o pagamento da taxa de transporte. Na sentença que confirma liminar, magistrado disse ser incabível que empresas aéreas considerem os animais como objetos. 
Nota do Site Migalhas.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner

Anúncio Publicitário

header ads