Home

Cota Parlamentar
A Assembleia Legislativa Potiguar pagou só no ano de 2020, aos 24 deputados, o valor de R$ 8 milhões da Cota para o Exercício Parlamentar- CEAP- onde cada um dispõe de R$ 32 mil mensais que podem ser usados para fins específicos, conforme o Regino Interno.

Mas, pelo visto, o Tribunal de Contas do Estado – TCE entendeu que houve uso indevido e notificou o presidente da Casa a não mais ressarcir valores pagos como: pagamento de seguros veiculares, taxas de bombeiro, seguro DPVAT e licenciamento de veículos. Também consultoria e assessoria; apoio a entidades sociais e “outras despesas”. O conselheiro Carlos Thompson concedeu mais 10 dias de prazo para que o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, querendo, apresente defesa.

O mais econômico
Segundo o TCE, naquele ano o deputado Hermano Morais (PV) foi o mais econômico com uma média de R$17 mil/mês, percentual bem abaixo do que gastou Dr. Bernardo (PSDB) que fez usou da totalidade da verba de R$385 mil/ano, sendo o campeão de gastos naquele período.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner