Home

foto:Estadão
Se o Brasil já era um país dividido politicamente, é bem verdade, isso acentuou-se nos últimos dias.

Nesse segundo turno para presidente as pessoas estão declarando seu voto abertamente, sem subterfúgios, sem medos. Quase todos estão “tomando partido” seja para que lado for. Parece que não há espaço para a neutralidade como aconteceu em campanhas passadas. 

Exceção para o MDB e União Brasil, que ontem liberaram seus representantes para votar como desejarem. Ressaltando que Simone Tebet anunciou apoio em Lula.

Afora isso, artistas globais, ex-presidentes, ex-juízes, celebridades da música e dos esportes, ninguém está em cima do muro.

Até o dia 30, data do sufrágio, os apoios para cada lado ficarão ainda mais evidentes.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner