quinta-feira, 17 de março de 2016

Celso de Mello rebate críticas de Lula ao STF: "ninguém está acima da autoridade das leis"

O decano do Supremo Tribunal Federal, Ministro Celso de Melo, fez pronunciamento agora há pouco contra críticas do ex-presidente Lula divulgadas ontem em áudios distribuídos pela justiça federal.
Em uma das falas, Lula diz que a corte suprema é "acovardada". 
"Esse insulto ao Poder Judiciário, além de absolutamente inaceitável e passível da mais veemente repulsa por parte desta Corte Suprema, traduz, no presente contexto da profunda crise moral que envolve os altos escalões da República, reação torpe e indigna, típica de mentes autocráticas e arrogantes que não conseguem esconder, até mesmo em razão do primarismo de seu gesto leviano e irresponsável, o temor pela prevalência do império da lei".
O ministro Celso de Melo conclui dizendo: "ninguém, absolutamente ninguém, está acima da autoridade das leis e da Constituição de nosso País, a significar que condutas criminosas perpetradas à sombra do Poder jamais serão toleradas, e os agentes que as houverem praticado, posicionados, ou não, nas culminâncias da hierarquia governamental, serão punidos por seu Juiz natural na exata medida e na justa extensão de sua responsabilidade criminal!".

Nenhum comentário:

Postar um comentário