segunda-feira, 7 de março de 2016

Em evento do Minha Casa, Dilma defende Lula e diz que não se pode dividir o País

Estadão Conteúdo – A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira, 7, que a oposição tem todo o direito de divergir das decisões do governo, mas não pode sistematicamente dividir o Brasil.
Ela também defendeu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e criticou sua condução coercitiva, na última sexta-feira, 4, para prestar esclarecimentos à Polícia Federal e o Ministério Público A declaração foi dada durante entrega de unidades do Minha Casa Minha Vida em Caxias do Sul (RS).
Dilma mostrou sua indignação com a condução coercitiva sofrida pelo ex-presidente, dizendo que não tem o menor sentido que seu padrinho político tenha sido conduzido ‘sob vara’ para prestar o depoimento.
E utilizando os mesmos argumentos que o ex-presidente usou na sexta, 4, em pronunciamento feito na sede nacional do PT, horas depois de prestar depoimento, Dilma disse que Lula “jamais se recusou a depor”. E frisou: “Justiça seja feita, Lula nunca se julgou melhor do que ninguém.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário