segunda-feira, 25 de abril de 2016

Justiça condena 11 denunciados por desvios no Idema

Parece que nem sempre o crime compensa. 
Que o diga, Gutson Johnson Reinaldo Bezerra condenado a 17 anos e um mês de prisão pelos crimes de peculato, lavagem de dinheiro e associação criminosa, contra o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema).
Gutson Bezerra deverá ainda ressarcir R$ 13.790.100,60 aos cofres do Idema e, segundo a sentença, não poderá recorrer em liberdade, devendo permanecer preso no Comando Geral da Polícia Militar.
A decisão é do juiz Guilherme Pinto, da 6ª Vara Criminal de Natal.
Também foram condenadas outras dez pessoas denunciadas na operação Candeeiro, deflagrada pelo Ministério Público em setembro de 20015 e que apura desvios na ordem de R$ 19 milhões naquele órgão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário