segunda-feira, 11 de abril de 2016

Pros e Rede liberam deputados para votar, mas líderes marcam posição contrária ao impeachment

Aconteceu há pouco.
O líder do Pros, deputado Odorico Monteiro (CE), anunciou, há pouco, que o partido vai liberar a bancada para votar como quiser na análise da abertura de processo contra a presidente da República, Dilma Rousseff. 
Monteiro, no entanto, deixou claro que, pessoalmente, entende que impeachment sem a comprovação de crime de responsabilidade é golpe.
Em relação, por exemplo, à acusação de que a presidente praticou manobras contábeis, as chamadas “pedaladas fiscais”, Monteiro afirmou que não está comprovado o dolo (má fé) da presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário