segunda-feira, 4 de julho de 2016

Operação Abismo apura fraudes em licitações na Petrobras

A 31ª fase da Lava Jato, denominada Operação Abismo, deflagrada na manhã desta segunda, 02, apura corrupção, lavagem de dinheiro e fraudes em licitações na Petrobras, incluindo o Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenpes), no RJ.
Nome se refere à exploração em águas profundas e à sede do Cenpes, na ilha do Fundão.
Foram decretadas 4 prisões temporárias e 1 preventiva. 
Paulo Ferreira, ex tesoureiro PT preso na Custo Brasil, foi alvo novamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário