quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Bolsonaro e Maria do Rosário discutem durante reunião sobre casos de violência contra mulheres

Os deputados Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e Maria do Rosário (PT-RS) protagonizaram mais uma confusão na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (14). 
Durante a reunião da comissão geral no plenário da Casa, que ocorreu para discutir casos de violência contra mulheres e meninas, Bolsonaro foi alvo de críticas e tumultuou a sessão em diversas ocasiões.
A deputada Maria do Rosário, que presidia o debate, não cedeu aos pedidos de Bolsonaro de ter direito à palavra e disse que não se renderia a “atitudes intimidatórias”. A briga entre os parlamentares não é de hoje. 
No ano passado, o deputado foi condenado a indenizar Maria do Rosário por ter dito que não a estupraria "porque ela não merecia”. Ele ainda enfrenta no Conselho de Ética da Câmara um processo por quebra de decoro pelo ocorrido.
Fonte: Último Segundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário