quarta-feira, 14 de setembro de 2016

MPF acusa ex-presidente Lula de ser comandante do esquema de corrupção no Petrolão

Foto: blog do noblat

O procurador da República Deltan Dallagnol iniciou a apresentação do Ministério Público Federal sobre a denúncia do órgão contra o ex-presidente Lula, sua esposa Marisa Letícia e mais seis pessoas na Operação Lava Jato dizendo que Lula é o "comandante máximo do esquema de corrupção investigado na Lava Jato".
Dallagnol imputou-lhe a responsabilidade por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro e que a "propinocracia" desviou 6,2 bilhões de reais da Petrobras, com prejuízo estimado de até R$ 42 bilhões.
Dallagnol disse também que os desvios continuaram mesmo após as prisões de José Dirceu e de tesoureiros do Partido dos Trabalhadores. "Todas as provas permitem forma seguramente a figura de Lula no comando do esquema criminoso da Lava Jato".
A apresentação também teve a participação dos procuradores Roberson Pozzobon, Julio Noronha, Igor Romário de Paula e do auditor da Receita Federal Roberto Leonel.
Leia também:
Pedido de prisão de Lula: MPF diz que não se manifesta sobre cautelares

Nenhum comentário:

Postar um comentário