segunda-feira, 5 de setembro de 2016

TST manda clube pagar auxilio moradia a jogador de futebol

O Tribunal Superior do Trabalho decidiu que o Figueirense Futebol Clube deve pagar ao jogador Rodrigo Fernandes Valete as parcelas decorrentes da integração do auxílio moradia aos salários. 
O clube recorreu ao TST, insistindo na alegação de que o auxílio moradia não integrava o salário do jogador, mas, no exame do recurso, o ministro Brito Pereira, relator, ressaltou que, ao contrário do sustentado, a natureza salarial foi reconhecida pelo próprio clube ao considerá-la na base de cálculo do FGTS, donde se conclui que deva repercutir, também, nas demais parcelas de igual natureza.
Veja mais detalhes aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário