sábado, 29 de outubro de 2016

BNDES apresenta na Noruega resultados dos investimentos do Fundo Amazônia

Para redução do desmatamento.
O Fundo Amazônia realizou no dia 27 de outubro (quinta-feira), seminário de apresentação de projetos apoiados durante sua reunião anual de doadores em Oslo, na Noruega, em que serão apresentados e discutidos os resultados dos investimentos realizados para redução do desmatamento e para o uso sustentável da floresta amazônica.
O BNDES, sob coordenação do Ministério do Meio Ambiente, é o gestor do Fundo, que dispõe atualmente de R$ 2,5 bilhões, e atualmente apoia 84 projetos, no valor de R$ 1,3 bilhão. Desse total, R$ 143 milhões se destinam a 21 projetos com atividades que beneficiam os povos indígenas da região.
O Fundo foi criado em 2008 e conta com recursos de doações do governo da Noruega (R$ 2,4 bilhões), do banco alemão de desenvolvimento KfW (R$ 60,6 milhões) e da Petrobras (R$ 14,2 milhões).
O Fundo Amazônia é um fundo ambiental de REDD+ (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação Florestal), que apoia projetos de prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento e também de promoção da conservação e do uso sustentável da região.

Novas doações — O Fundo Amazônia deverá receber novos aportes, já anunciados. A Noruega, maior doador do Fundo, deverá ampliar seu aporte em US$ 600 milhões, enquanto o governo da Alemanha, por meio do KfW, sinalizou com nova doação no valor de € 100 milhões. Em decorrência desses novos compromissos, também está em negociação a extensão do prazo para utilização dos recursos atuais do Fundo Amazônia para 2020. | www.fundoamazonia.gov.br.


te:Fator Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário