terça-feira, 6 de dezembro de 2016

STF X Renan: Mesa do Senado decide não aceitar afastamento imediato

Em rápida entrevista aos jornalistas que cobrem o Senado, Renan Calheiros disse que a Mesa Diretora da casa entendeu ser necessário esperar a decisão do plenário do Supremo Tribunal Federal para se posicionar sobre a liminar do ministro Marco Aurélio, que determinou ontem o seu afastamento imediato da presidência.
Renan criticou a decisão do ministro, a apenas nove dias do fim do ano legislativo, e reforçou que a decisão da Mesa da Casa assegura a independência entre os Poderes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário